ATERRO SANITÁRIO X LIXÃO

.

ATERRO SANITÁRIO X LIXÃO

O ATERRO SANITÁRIO é uma obra de engenharia sanitária e ambiental para depositar os resíduos sólidos que produzimos. É tão eficaz para proteger o meio ambiente e a vida humana que, a partir de 2010, com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, todo os LIXÕES estão sendo desativados no Brasil. As diferenças básicas entre os dois são:⠀
✔COBERTURA: é feita com camadas de solo, reduzindo a produção de chorume (menor infiltração de líquidos e da água da chuva), impedindo que o vento carregue o lixo e afastando vetores de doenças. No lixão, há apenas disposição de lixo que contamina o solo, polui o ar e atrai animais como ratos e moscas.⠀
✔ACESSIBILIDADE: no aterro sanitário, é restrita às pessoas devidamente identificadas. Em lixões, o controle é menor: a falta de cercas ou fiscalização facilita a presença de pessoas despreparadas para lidar com os resíduos e de animais.⠀
✔MONITORAMENTO: consiste em avaliar a eficiência do aterro em relação a sua operação e ao controle ambiental. São feitos monitoramentos das águas superficiais, do lençol freático, da qualidade do chorume, dos resíduos que adentram no aterro, do sistema de drenagem superficial, do sistema de exaustão e drenagem dos gases, da vazão de chorume, entre outros. Esses controles não são feitos nos lixões.⠀

Sanorte, Futuro com Responsabilidade Ambiental e Social.